O item foi adicionado ao seu carrinho de compras

Ir para o carrinho de compras    Fechar
 

Em destaque nas sub-categorias de Arquivo

Mais informações sobre Arquivo

Arquivo
Em arquivologia, arquivo é um conjunto de documentos criados ou recebidos por uma organização, firma ou indivíduo, que os mantém ordenadamente como fonte de informação para a execução de suas atividades. Os documentos preservados pelo arquivo podem ser de vários tipos e em vários suportes.

Etimologia
Do latim archívum, lugar onde se guardam os documentos.
Lugar onde se guardam documentos
Conjunto de documentos escritos, fotográficos, microfilmes, etc.
Conjunto de dados organizados, segundo a sua natureza e o seu uso, em suporte magnético.

Funções do Arquivo
Recolher e ordenar todos os documentos que circulam na empresa;
Avaliar e selecionar os documentos, tendo em vista sua preservação ou eliminação;
Garantir o fluxo dos pedidos de documentos provenientes dos diversos órgãos da empresa;
Arquivar os documentos, visando a preservação da informação;
Conservar e assegurar a integridade dos documentos, evitando danos que possam ocasionar a sua perda;
Executar as funções específicas conforme a organização e administração da instituição.

O arquivo pode ser feito de várias maneiras, sendo que os mais populares são as pastas de arquivo, caixas de arquivo morto, dossier e caixa tipo francês, etc

Arquivo - Conceito, o que é, Significado
O arquivo é o lugar destinado ao armazenamento de documentos. É um termo geral que engloba muitas possibilidades e diferentes aspectos, como pastas de arquivo, dossier, caixas e arquivo morto, pastas arquivadoras...
O conceito arquivo está diretamente relacionado com a história. De fato, a arquivologia é uma disciplina auxiliar da história, pois proporciona modelos e sistemas de classificação de dados e documentos destinados à investigação histórica. As bibliotecas são os centros que tradicionalmente guardam os arquivos, dos quais podem ter diferentes formatos dependendo do tipo de documento (impresso, sonoro, mapas, etc.).
Através da computação como fenômeno global, a ideia de arquivo faz parte da linguagem informatizada
Os arquivos informáticos são um tipo de arquivo que serve para guardar informações em uma unidade de armazenamento, por exemplo, um disco rígido. O conceito tecnológico de arquivo conta com uma terminologia particular (bytes, pdf, Word, Excel...), na realidade cumprem a mesma função que um arquivo tradicional. A grande diferença entre ambos está na grande possibilidade de armazenamento e na limitada capacidade do modelo tradicional.
O arquivo é um lugar (físico ou informático) que guarda as informações por algum motivo. No campo privado, precisamos organizar nossos papéis, para isso pode ser útil uma pasta como arquivo. O mesmo acontece no mundo empresarial, já que toda a documentação deve ser guardada para garantir o bom funcionamento da entidade. Um colecionador precisa classificar e organizar com critério tudo aquilo que guarda para satisfazer seu hobby, consequentemente, deve ter um arquivo para que sua coleção possa ser controlada e supervisionada.
Quando se fala de arquivo é comum a existência de um componente misterioso: os arquivos secretos
Neles são guardadas informações confidenciais que não podem ser consultadas pelo grande público. O componente enigmático envolve este tipo de lugar, pois existem dados cuja revelação pode ser conflitante.
A palavra arquivo pode ser usada de maneira figurada, por exemplo, quando dizemos que vamos arquivar algo em nossa cabeça. Deve-se destacar que o cérebro faz parte de um sistema que organiza informações e arquiva nossas lembranças. A maioria funciona em curto prazo, já em longo prazo atua como sistema de armazenamento. Pode-se afirmar que de maneira consciente incorporamos nossos próprios arquivos pessoais.

Os sistemas fisicos mais usuais são as pastas de arquivo morto, pastas de arquivo, caixas de arquivo morto e tudo o sistema inerente.